Veja quanto ganha um soldado da aeronáutica

Ser um soldado da Aeronáutica não é algo fácil, mas nem por isso as pessoas desistem de fazer parte desse grupo tão importante para as Forças Armadas do Brasil. São muitos os benefícios que podem fazer com que as pessoas queiram fazer parte da Aeronáutica, dentre eles está o salário do soldado da FAB (Força Aérea Brasileira).

Quer saber quanto ganha um soldado da aeronáutica? Então acompanhe este post até o final para descobrir. Veja também tudo que você precisa saber sobre essa profissão, como iniciar sua carreira na FAB e muito mais.

Soldados da Aeronáutica

O que é Força Aérea Brasileira?

A FAB é uma das forças que constituem as Forças Armadas do Brasil. Ela é composta por profissionais militares que defendem a pátria e a constituição utilizando recursos aéreos. A principal missão da Força Aérea Brasileira é manter a soberania dentro do espaço aéreo do país, tendo como foco principal à defesa nacional.

Há ainda três categorias diferentes dentro da Aeronáutica, sendo elas: aviação, intendência e infantaria. Essas três categorias são formadas por diferentes tipos de militares, sendo que na aviação as atividades estão relacionadas a manutenção e operação de aeronaves, na intendência as atividades estão relacionadas ao apoio logístico e na infantaria são concentrados os esforços ao combate direto dos soldados da Aeronáutica.

É possível ingressar na Aeronáutica por meio de vários cursos diferentes, sendo que a forma mais comum é através do Serviço Militar. Porém, quem tem ensino médio completo, curso técnico ou graduação em alguma área de interesse da FAB, pode tentar uma vaga se candidatando para um concurso público para treinamento de oficiais temporários ou para oficiais de carreira.

O que faz um soldado da Aeronáutica?

Dentre as muitas funções de um soldado da Aeronáutica a principal é proteger o país e a constituição contra qualquer ameaça, seja ela interna ou externa. O comprometimento do soldado é celebrado no dia 25 de agosto, sendo este o Dia do Soldado em todo o país.

Como a maioria dos militares das Forças Armadas do Brasil, o soldado também executa diversas funções dentro de seu grupo militar, sendo essa uma das carreiras que mais possui funções diferentes na Aeronáutica.

Os soldados da Aeronáutica realizam tarefas de rotina, como organizar o alojamento, se vestir adequadamente e realizar suas refeições no refeitório. Mas essas são as tarefas mais simples do dia a dia de um soldado da FAB. Em cada dia, os soldados recebem as instruções necessárias para desenvolver suas atividades, seja de treinamento, execução, ou qualquer outra necessária para o bom desempenho do profissional e da equipe.

Como ingressar na carreira de soldado da Aeronáutica?

Ser um soldado da Aeronáutica é um sonho para você? Saiba que há algumas formas de ingressar na FAB, sendo que todas essas formas dependerão muito do seu desempenho, dedicação e perseverança. A maneira mais simples, caso você seja homem, é por meio do Serviço Militar. Como Ingressar na Aeronáutica

Obrigatório a todos os homens quando atingem os 18 anos de idade, o Serviço Militar é feito através de uma avaliação. Caso aprovado, o candidato tem a oportunidade de receber o treinamento adequado e continuar como militar subindo sua patente dentro das Forças Armadas.

Para formar soldados competentes, o país oferece o CFSD (Curso de Formação de Soldados), que pode ser a instrução inicial para quem deseja ingressar no Exército, Marinha ou Aeronáutica. Agora se o candidato deseja ir direto ao ponto, ele pode iniciar na FAB através da EPCAr (Escola Preparatória de Cadetes do Ar). CPCAR (Curso Preparatório de Cadetes do Ar)

Em todos os cursos de formação das Forças Armadas do Brasil é necessário ser aprovado antes. A aprovação ocorre com uma avaliação que sempre inicia com o concurso público. Caso o candidato se saia bem no concurso público, ele pode seguir para outras avaliações como “condicionamento físico”, “avaliação psicológica”, entre outras etapas.

Quanto ganha um soldado da Aeronáutica?

O salário dos militares é reajustado anualmente, como ocorre com o salário mínimo. O reajuste varia de acordo com o nível hierárquico e com as especialidades de cada um dos militares. Mas para que seja feito o reajuste anual, é estipulado pelo Governo Federal um piso salarial para cada uma das carreiras dentro das Forças Armadas do Brasil.

No caso dos soldados, há duas variações de salários que correspondem aos tipos de soldados que podem fazer parte tanto da Aeronáutica quanto do Exército e da Marinha. O soldado, independente da força que ele pertence, recebe o seguinte soldo mensal:

  • Soldado engajado especializado (profissionais com cursos de especialização): R$ 1.856,00 com reajuste anual de 24,48%;
  • Soldado engajado não especializado (soldados sem especializações): R$ 1.560,00 com reajuste anual de 24,40%.

Além do salário, que é chamado de soldo, os soldados recebem vários benefícios, adicionais e gratificações que variam ao longo dos meses. Veja a seguir alguns dos benefícios, adicionais e gratificações que um soldado pode receber:

  • Adicional militar: varia de acordo com o nível hierárquico;
  • Adicional de habilitação: varia em relação ao bom desempenho do soldado nos cursos;
  • Adicional de compensação orgânica: compensa remuneradamente situações de esforço físico intenso ou extremo perigo;
  • Adicional de permanência: estimula a permanência do militar por mais dois anos;
  • Gratificação de localidade especial: valor adicional para aqueles que enfrentam infraestruturas precárias e locais isolados em regiões inóspitas;
  • Auxílio estudo: dado aos dependentes do soldado;
  • Auxílio médico e odontológico: para o soldado e seus dependentes;
  • Entre outros.

Menores salários da carreira militar (aeronáutica)

Para quem deseja começar com carreiras de menor nível hierárquico até chegar a primeira graduação (soldado), é preciso conhecer os salários pagos aos profissionais dessas carreiras militares. Os menores salários da carreira militar ficam para os cargos de menor nível hierárquico, sendo eles:

  • Cadetes na EPCAr (Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica), demais anos: R$ 1.044,00 com reajuste anual de 24,29%;
  • Cadetes na EPCAr (Escola Preparatória de Cadetes da Aeronáutica), último ano: R$ 1.066,00 com reajuste anual de 24,24%;
  • Cadetes da Aeronáutica demais anos: R$ 1.176,00 com reajuste anual de 24,44%;
  • Cadetes da Aeronáutica último ano: R$ 1.448,00 com reajuste anual de 24,40%.

Lembrando que todos os salários mencionados neste post são referentes ao ajuste anual de 2019. Todos os anos os valores são reajustados com base no nível hierárquico de cada carreira militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *