ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica)

O ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) é um tipo de instituição de ensino pública que aplica cursos de formação superior voltados ao desenvolvimento dentro da Força Aérea Brasileira. A qualidade dos cursos ministrados, assim como as diferentes modalidades de atuação, fazem do ITA um dos institutos mais procurados no Brasil por quem deseja desenvolver conhecimentos dentro da área tecnológica.

Neste post, explicaremos o que é ITA em detalhes, falaremos sobre o processo de inscrição, os cursos ministrados pelo instituto, o objetivo de cada curso, dentre muitos outros detalhes importantes. Falaremos também sobre as áreas de atuação que cada curso pode oferecer. Confira tudo isso a seguir e muito mais.

fachada do ITA

 

O que é ITA?

Como já mencionamos, o ITA é um tipo de instituição de ensino que se aplica ao nível superior. Nesta instituição, o ensino é aplicado na forma pública, o que significa que os estudantes aprovados não precisam pagar pelo curso ministrado. Mas isso não significa que qualquer pessoa possa entrar no ITA, isso porque é necessário ser aprovado primeiramente em um vestibular da instituição para fazer parte do Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Página oficial: http://www.ita.br/

O ITA é uma instituição de ensino que faz parte da Força Aérea Brasileira, por isso, os ensinos tecnológicos aplicados no instituto são voltados para a aeronáutica. Além da FAB, o DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial) também possui vínculos com o ITA. Localizada em São José dos Campos, no estado de São Paulo, o ITA está entre as instituições de ensinos mais procuradas por interessados em cursos tecnológicos na área da aeronáutica.

Dentre os cursos oferecidos pelo ITA, os estudantes podem escolher entre várias modalidades tecnológicas, sendo que todas essas modalidades estão diretamente ligadas à engenharia, principalmente no que diz respeito ao setor aeroespacial. Em relação as instituições de ensino superior do Brasil, o ITA corresponde a essa seleta lista por oferecer um ensino de qualidade. Além do próprio ensino, o ITA ainda oferece alimentação gratuita para seus alunos e moradias com baixo custo que podem ser encontradas dentro do DCTA.

 

Cursos oferecidos pelo ITA

O ITA possui ao todo 6 tipos de graduações diferentes, além de cursos de pós-graduação e especializações que podem ser realizadas por ex-alunos do ITA. Mas em se tratando de curso de graduação, todos os cursos possuem duração de 5 anos, onde os primeiros dois anos de cada um dos cursos são formados pelo “Curso Fundamental”, que é uma especialidade comum a todas as áreas. Nos três anos restantes de qualquer uma das graduações, o estudante finalmente começa a cursar a faculdade pretendida.

Em relação aos cursos de graduação oferecidos pelo instituto, confira a seguir quais são eles e suas principais características:

  • Curso Fundamental: esse curso, que na verdade não pode ser feito de forma isolada, é aplicado a todas as demais graduações oferecidas pelo ITA. Neste curso inicial, os estudantes aprendem sobre vários pontos importantes, com ênfase maior em: matemática, física, química, humanidades, ciência da computação e engenharia mecânica. Depois desse curso inicial, eles podem seguir para a faculdade escolhida no vestibular.
  • Engenharia Aeronáutica: a graduação de Engenharia Aeronáutica oferecida pelo ITA tem como finalidade formar profissionais engenheiros com grande conhecimento sobre práticas e teorias para a construção de aeronaves. Neste curso, o aluno precisa estudar sobre aerodinâmica, turbinas, motores, estruturas e mecânica de voo. Na prática, os alunos são testados em relação ao desenvolvimento de aviões entre as diversas áreas.
  • Engenharia Eletrônica: ministrado em tempo integral, o curso de Engenharia Eletrônica oferecido pelo ITA foi o primeiro curso deste tipo no Brasil, tendo origem em 1951. Neste curso, o engenheiro eletrônico formado pelo ITA precisa aprender sobre equipamentos, desenvolvimento de sistemas, processos e dispositivos utilizados no campo da eletrônica.
  • Engenharia Mecânica-Aeronáutica: a formação de Engenheiros Mecânicos da Aeronáutica oferecida pelo ITA conta com diversas aplicações de ensino, como sistemas mecânicos, energia, processos, mecatrônicos, materiais, gestão financeira e industrial, dentre outras aplicações. Neste curso, o foco da formação é tornar o Engenheiro Mecânico comum em um Engenheiro da Aeronáutica.
  • Engenharia Civil-Aeronáutica: parecido com a graduação anterior, o curso de Engenharia Civil-Aeronáutica tem como objetivo capacitar os Engenheiros que atuarão na área civil dentro dos conceitos aplicados na aeronáutica. Formado por 4 semestres de ensino comum e 6 semestres de conhecimentos da engenharia, o curso é bastante procurado por jovens que desejam se profissionalizar nessa área.
  • Engenharia de Computação: no curso de Engenharia de Computação ministrado pelo ITA, os estudantes aprendem sobre a parte fundamental dessa área profissional, que são as ciências exatas, e a outra parte mais diferenciada que é a área da computação. Neste curso, os profissionais aprendem a desenvolver softwares e hardwares de acordo com os ensinamentos do instituto.
  • Engenharia Aeroespacial: por fim, o último curso de graduação do ITA é o de Engenharia Aeroespacial. Esse curso tem como foco principal a construção de itens relacionados aos sistemas aeroespaciais de veículos lançadores suborbitais, foguetes, satélites e veículos espaciais.

 

Como estudar no ITA?

Para estudar no ITA, o candidato precisa realizar o vestibular fornecido pela própria instituição. A cada ano o instituto publica um novo edital para a realização do vestibular, onde as regras e as especificações das provas são informadas de acordo com as mudanças que ocorrem. Por isso, o candidato que quiser fazer parte do seleto grupo de estudantes do ITA precisa primeiramente se inscrever no vestibular.

Após a inscrição, ele deverá aguardar até a realização da prova, que poderá ocorrer em sua própria cidade ou em outra cidade próxima. A escolha da cidade ocorre por meio da demanda de candidatos inscritos no vestibular. Quanto maior é o número de inscritos, mais cidades participam deste processo seletivo.

De um modo geral, o vestibular do ITA funciona com as regras padrões para todos os vestibulares aplicados no país. Para a realização da prova o estudante precisa levar cédula de identidade, caneta esferográfica e deve comparecer com trajes adequados. Caso seja aprovado através das questões fornecidas no vestibular, o candidato poderá se matricular no ITA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *