EAOEAR – Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica

O EAOEAR (Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica) é um tipo de procedimento ministrado pelo CIAAR (Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica). Caracterizado por um estágio com três etapas diferentes, o EAOEAR é um passo muito importante para os Oficiais Engenheiros que precisam realizar o estágio de adaptação após a formação profissional.

Neste post, falaremos todos os detalhes do que é EAOEAR, para que serve esse estágio, quais são as etapas do estágio oferecido pelo CIAAR, entre outras informações importantes. Também falaremos a seguir o que acontece com o profissional militar logo após a conclusão deste estágio. Confira tudo isso a seguir e muito mais. Site oficial: http://www2.fab.mil.br/ciaar/

FAB eaoear banner

 

O que é EAOEAR?

A sigla EAOEAR significa “Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica” e se aplica a etapa final do desenvolvimento de oficiais engenheiros que atuam na aeronáutica. Esta etapa que corresponde ao estágio aplicado pelo CIAAR, que é o “Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica“.

O estágio em si contém um total de 25 disciplinas divididas entre unidades e subunidades. Além disso, a adaptação desses oficiais engenheiros segue ainda uma divisão de três diferentes métodos. No primeiro, os militares realizam estágio sobre o campo geral, no segundo, sobre o campo militar, e por último, sobre o campo técnico-especializado. Veja a seguir cada uma dessas etapas do estágio e as características de cada uma delas:

  • Campo geral: a instrução ministrada neste ambiente corresponde a todo o conhecimento relacionado a teoria e ensinamentos que os estagiários devem adquirir para atuar de forma eficiente em vários processos, tais como a gestão de pessoas e a ampliação de toda a cultura de um modo geral.
  • Campo militar: a instrução ministrada no âmbito militar tem como finalidade principal reforçar todos os conhecimentos básicos ministrados no campo anterior. Nessa etapa do estágio, os oficiais engenheiros são submetidos aos postulados básicos relacionados a vida castrense, onde eles aplicarão seus conhecimentos nos futuros postos, desenvolvendo grau de vibração, devoção e até mesmo entusiasmo em relação a sua carreira dentro da Força Aérea.

Nesta etapa também é cobrado características de resistência, onde os oficiais engenheiros aprenderão lidar com as resistências físicas que são necessárias para a vida profissional de qualquer militar. Outro ponto crucial desta etapa são os princípios basilares instituídos pela CIAAR, que corresponde a Hierarquia de cada integrante e a disciplina aplicada a vida profissional dos militares.

Também nesta etapa, o oficial engenheiro aprenderá sobre os fundamentos éticos e toda a estrutura organizacional instituída pelo COMAER (Comando da Aeronáutica). Todos esses procedimentos têm ainda como finalidade formar o oficial engenheiro que integrará o Corpo de Oficiais da Aeronáutica.

  • Campo Técnico-Especializado: a instrução que é ministrada dentro do campo técnico-especializado tem como finalidade adaptar o oficial engenheiro para as condições gerais do ambiente de trabalho que ele terá que conviver. Nesse caso, essa adaptação ocorre em relação as condições peculiares que existem nesses ambientes considerando as atividades ou até mesmo as especialidades dos profissionais.

Nesta etapa, o oficial engenheiro também aprende sobre as estruturas e como funciona o próprio Comando da Aeronáutica. Isso inclui ainda conhecimentos sobre a rotina desses oficiais dentro de cada um dos setores de atuação.

O curso de estágio é ministrado ao todo em um período de 21 dias que devem ser corridos sem nenhum tipo de intervalo. Durante esse período, os oficiais engenheiros permanecem em um internato. O período do estágio se inicia a partir da matrícula dos oficiais. Toda essa preparação faz parte do estágio que possui poder probatório para a adaptação dos matriculados à vida dentro da caserna. Além disso, os candidatos serão submetidos a verificação para identificar se estão aptos ao Oficialato, como consta nas instruções gerais do Campo Militar.

 

O que acontece durante o estágio EAOEAR?

Após a matrícula do candidato, o período do estágio começa a ser contado em dias corridos até que tenha atingido o tempo máximo de 21 dias. Nesse momento, o Comandante do CIAAR declara que o candidato possui título de Primeiro-Tenente estagiário dentro do programa EAOEAR. Essa designação será mantida pelo Comandante ao candidato durante todo o Estágio de Adaptação.

No caso dos militares da ativa que adentraram no EAOEAR, o nível hierárquico obtido anteriormente à matrícula no Estágio de Adaptação será mantido em relação aos demais matriculados que entraram para o curso como civis. Além disso, entre os próprios militares em estágio, se manterá a hierarquia anterior à matrícula.

Já em relação aos civis que também podem fazer parte do EAOEAR, durante a matrícula no Estágio de Adaptação, eles terão a hierarquia estabelecida entre eles através da Média Final que cada um obteve no Exame de Admissão do próprio estágio. A hierarquia dos civis começa depois do último militar da ativa matriculado no EAOEAR em relação a sua hierarquia.

 

O que acontece após o estágio EAOEAR?

Após o Estágio de Adaptação, os candidatos que tiverem bom aproveitamento de acordo com o Plano de Avaliação, terá a sua precedência hierárquica determinada pelas “Normas Reguladoras dos Cursos e Estágios do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica” (ICA 37-289). Nesse caso, o candidato se tornará concluinte do EAOEAR, podendo participar do Quadro de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica.

Se o estagiário concluir todo o Estágio de Adaptação com bom aproveitamento dentro das condições exigidas para o EAOEAR, ele poderá ser nomeado como Primeiro-Tenente Engenheiro, através do próprio Comandante da Aeronáutica, conforme prevê a legislação em vigor.

Com essa nomeação, o Primeiro-Tenente Engenheiro poderá seguir com a sua vida profissional militar. Nesse caso, o primeiro passo do profissional é servir em OM, dentro do local onde ele será designado. Essa designação ocorrerá conforme a nota obtida pelo profissional no Exame Final.

O estagiário concluinte poderá ainda se decidir entre a localidade caso haja mais de uma OM na mesma localidade, onde a vaga possui a mesma especialidade. Nesse caso, o estagiário com maior mérito acadêmico poderá escolher sobre a localidade em questão.

Com o cumprimento deste regime militar, o oficial engenheiro poderá atuar em várias áreas dentro da aeronáutica. Caso ele queira, o oficial poderá ainda se especializar ou realizar outros cursos para evoluir em sua profissão militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *