EAGS (Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento)

A adaptação à graduação de sargentos da aeronáutica é feita através de um estágio sob o regime de internato militar. Esse tipo de carreira militar é bastante visada por aqueles que querem ir além dentro da aeronáutica. Mas como todas as carreiras militares, é necessário uma série de características, testes e treinamento para que o profissional ocupe esse cargo de grande importância.

Neste post, falaremos sobre o EAGS, considerando todas as suas principais características, para que serve, como é feito a inscrição no estágio, dentre outras informações. Além disso, falaremos como é o estágio e suas diferentes fases. Confira tudo isso a seguir e muito mais.

 

O que é EAGS?

O EAGS (Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica) é um tipo de curso ministrado pela EEAR (Escola de Especialistas de Aeronáutica). Nesta escola, os alunos ficam sob o regime de internato militar por um período aproximado de 24 semanas. Semelhante a outros estágios de adaptação a carreiras militares, o EAGS segue uma série de fases que são divididas no estágio de maneira que o aluno consiga se adaptar a diferentes situações. Site oficial: http://www2.fab.mil.br/eear/index.php/estagios?layout=edit&id=149

Essas fases são chamadas pelo estágio de campo militar e campo técnico-especializado. De forma mais simples, as fases nada mais são do que o próprio campo de estudo que esses alunos serão submetidos ao longo do estágio. Nesse caso, cada um desses campos apresenta desafios e conhecimentos que quando aplicados na prática resultam na formação ideal do sargento que servirá à aeronáutica.

banner EAGS - EEAR

 

Campo militar

No campo militar, os alunos são testados em vários sentidos, mas o conceito mais importante aplicado nesta fase é o de entusiasmo e de elevação da devoção dos soldados em relação a carreira dentro da Força Aérea. Esse tipo de conceito é aplicado em comandos, respeito e referências hierárquicas para que os alunos se sintam motivados e totalmente devotos ao trabalho realizado dentro da aeronáutica.

O campo militar também tem como objetivo testar os limites físicos dos alunos, expondo suas fraquezas de acordo com as situações que poderão surgir ao longo da carreira de cada aluno. Nesse caso, os alunos recebem o treinamento de acordo com o que será necessário para atuarem como sargentos da aeronáutica.

Já em se tratando de hierarquia, desde o início os alunos são instruídos a seguir a hierarquia presente na escola. Esta fase de ensino do estágio é dedicada a exploração dos diferentes níveis hierárquicos de modo que os alunos respeitem de forma disciplinada as ordens propostas.

 

Campo técnico-especializado

A segunda fase do estágio de adaptação de sargentos ocorre em relação ao nivelamento dos conhecimentos que os próprios alunos já possuem. Nesse caso, o conhecimento aplicado a esta modalidade de ensino permite que todos os alunos fiquem com a mesma base técnica. Sendo assim, os alunos receberão instruções sobre a carreira de sargento da aeronáutica em detalhes de forma que eles possam se desenvolverem dentro da carreira de sargento considerando todas as necessidades do COMAER (Comando da Aeronáutica).

 

Como funciona o EAGS?

Como todo estágio de adaptação, o EAGS possui suas regras e exigências para que os candidatos participem do estágio. Mas quando aprovados, os alunos ainda seguem várias dessas regras que é um dos conceitos mais observados nas carreiras militares. De acordo com a Lei nº 6.880 criada em 9 de dezembro de 1980, os candidatos aprovados ao EAGS são chamados de “Aluno do EAGS“.

Essa hierarquia prevista pelo Estatuto dos Militares é mantida aos profissionais ao longo de todo o estágio. Durante o estágio, cada um dos alunos recebem ainda uma remuneração que é fixada por lei, juntamente com a alimentação, fardamento, alojamento e assistência médica e dentária.

Já após o término do estágio, apenas os alunos que tiveram bom aproveitamento do curso poderão receber uma nova classificação hierárquica. Nesse caso, os alunos terão que se submeterem a um tipo de teste de conhecimento previsto pelo Plano de Avaliação e de Ensino da EEAR. Se todos esses conhecimentos forem confirmados no aluno, ele receberá após o estágio a nomeação de Terceiro-Sargento da aeronáutica, que será concedida pelo Diretor da DIRAP (Diretoria de Administração do Pessoal) da FAB (Força Aérea Brasileira).

 

Como ingressar na EAGS?

Embora todos esses processos pareçam simples, é necessário uma série de requisitos para que os candidatos possam realizar o estágio. Esses requisitos variam conforme as especialidades que os candidatos irão se encaixar dentro do EAGS. Dentre elas, podemos destacar as seguintes especialidades: administração, eletricidade, obras, pavimentação e topografia. Considerando cada uma dessas especialidades, temos as seguintes exigências:

  • Administração: Diploma ou certificado de conclusão de curso a nível técnico na área de administração, contabilidade ou gestão empresarial, sendo que a carga horária mínima deve ser de 800 horas. O curso deverá ter sido feito em instituição de ensino regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação.
  • Eletricidade: Diploma ou certificado de conclusão de curso a nível técnico na área de eletricidade, mecatrônica, eletroeletrônica, eletromecânica ou ainda eletrotécnica, sendo que a carga horária mínima deve ser de 1.200 horas. O curso deverá ter sido feito em instituição de ensino regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação.
  • Obras: Diploma ou certificado de conclusão de curso a nível técnico em construção civil ou edificações, sendo que a carga horária mínima deve ser de 1.200 horas. O curso deverá ter sido feito em instituição de ensino regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação.
  • Pavimentação: Diploma ou certificado de conclusão de curso a nível técnico em pavimentação, sendo que a carga horária mínima deve ser de 800 horas. O curso deverá ter sido feito em instituição de ensino regulamentada pelo Conselho Nacional de Educação.

Todos os candidatos que corresponderem a essas características deverão ainda serem aprovados em concurso público para finalmente realizar o EAGS. Lembrando ainda que o processo de admissão de alunos considera exames de saúde, psicológicos e testes de condicionamento físico para cada um dos alunos antes da matrícula. Se aprovados em todos os processos, os candidatos se tornam alunos do EAGS conforme já mencionamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *