CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha)

Mais conhecido como “Universidade do Mar“, o CIAGA é um tipo de instituição que estabelece um vínculo direto com a EFOMM, que é a Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante. A procura pela formação militar dentro da Marinha é tão grande quanto nas demais forças nacionais, por isso, o processo seletivo é coberto de regras e etapas que deverão ser cumpridas uma a uma pelos candidatos.

Neste post, explicaremos o que é CIAGA em mais detalhes, considerando sua história, cursos oferecidos, relação com a EFOMM, processo seletivo e pré-requisitos exigidos para a admissão de novos alunos. Confira tudo isso e muito mais.

parte externa do CIAGA

O que é CIAGA?

 O CIAGA (Centro de Instrução Almirante Graça Aranha) é a organização da Marinha que mantém de certa forma as instalações da EFOMM (Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante). Isso significa que ambas as organizações estão relacionadas, onde o foco principal é a formação dos oficiais que servirão à Marinha e ao país. Para entrar no site oficial, acesse o link: https://www.marinha.mil.br/ciaga/

Além disso, o CIAGA também tem a responsabilidade de aperfeiçoar, especializar e atualizar os profissionais que já atuam na Marinha Mercante através de novas técnicas, estratégias e atividades recém desenvolvidas. Dessa forma, tanto os novos oficiais quantos os oficiais já experientes ficam equiparados em nível de conhecimento atual.

Sendo assim, o CIAGA possui várias tarefas importantes que estabelecem o propósito de sua existência. Essas tarefas estão relacionadas diretamente a formação e aperfeiçoamento dos oficiais da marinha, sendo elas:

  • Ministrar cursos de formação para o desenvolvimento de cargos, funções e ocupações dentro da marinha de acordo com cada característica solicitada para os mais variados tipos de atividades relacionadas as operações na marinha. Os cursos ministrados também tem como objetivo fornecer os parâmetros gerais e básicos sobre a carreira militar, considerando hierarquia, ética, condicionamento físico, disciplina, entre outros parâmetros tidos como essenciais para a formação de Oficiais da Reserva da Marinha.
  • Promover pesquisas e estudos quando necessário para o desenvolvimento de novas tecnologias relacionadas as Ciências Marítimas. O CIAGA também realiza simpósios e conferências para a discussão de assuntos de interesse para a marinha, considerando atividades de ensino e descobrimento.
  • Estabelecer convênios com entidades e organizações de ensino que atuam na formação de oficiais da marinha através da delegação imposta pelo Diretor de Portos e Costas, de forma que ambas as organizações se beneficiem com melhorias na qualidade do ensino e com o desenvolvimento de projetos em conjunto.

História do CIAGA

A criação do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha ocorreu em 1971, onde a construção da instituição foi iniciada. No entanto, a finalização da instituição tão esperada pelos oficiais da marinha ocorreu apenas em 1973. A partir deste ano, a instituição estabeleceu sua relação com as demais organizações de ensino da marinha, onde trouxe grandes avanços e desenvolvimentos tecnológicos para a Força Naval.

Antes da criação do CIAGA, havia várias instituições que forneciam o ensino naval para os alunos, mas nenhuma dessas instituições tinham o mesmo suporte técnico que o CIAGA possui atualmente. O CIAGA já é considerado por muitos como a “Universidade do Mar” justamente pelos conteúdos ensinados dentro dessa organização, que também é considerada o orgulho da Força Naval.

Por ser uma instituição de grande importância para a marinha, os oficiais da marinha observaram a necessidade de mais uma unidade desse centro de instrução, por isso criaram o CIABA (Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar). Sendo assim, o CIAGA se tornou a referência do ensino de oficiais da marinha no Rio de Janeiro e o CIABA a referência do mesmo ensino no Pará.

Cursos oferecidos pelo CIAGA

O CIAGA oferece diversos cursos para quem deseja iniciar carreira na marinha ou mesmo busca por especialização em sua formação militar. Dentre os cursos mais comuns dessa instituição estão o CAAQ-CT/S (Curso de Adaptação para Aquaviários, Cozinheiro, Taifeiro, Enfermeiro e Auxiliar de Saúde), Curso de Náutica e Curso de Máquinas. Cada um desses cursos possui duração, requisitos e até mesmo instituição de ensino diferente.

Por exemplo, o CIAGA é quem abre as inscrições para o concurso público, mas a formação do aluno ocorre por meio de outras instituições, como a Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM), a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ), entre outras organizações que atuam no ensino e formação de oficiais que atuaram na marinha.

Como é feito a admissão pelo CIAGA?

Como o CIAGA encaminha os alunos para várias instituições e cursos diferentes, não há um conjunto de pré-requisitos que atenta a todos os casos. Além disso, os cursos ministrados pelo próprio CIAGA também seguem alguns pré-requisitos diferentes para a admissão de novos alunos. Mas em todos os casos é exigido um determinado limite de idade, nível escolar, gênero e nacionalidade, que deve ser brasileiro.

Por exemplo, nos cursos de Náutica e Máquinas, é exigido idade entre 17 e 23 anos, ensino médio completo e nacionalidade brasileira. No caso desses dois cursos do CIAGA ambos os sexos podem fazer a inscrição e disputar uma vaga no concurso público. Já no caso do CAAQ-CT/S, o concurso é aberto para maiores de 18 anos, onde há vagas a nível de ensino fundamental, médio e superior, dependendo de cada área de atuação.

Mas essas são apenas as exigências solicitadas pela instituição ainda na inscrição do concurso público. O processo de admissão ainda segue várias diretrizes importantes, como a inscrição no concurso público, prova teórica, exame de aptidão física, entre outras avaliações desse tipo.

A prova teórica, que é a primeira etapa eliminatória do concurso público, varia conforme as áreas que o candidato pretende tentar uma vaga e os tipos de cursos que serão ministrados pelo CIAGA. Mas em todos os casos, elas possuem um número específico de questões e disciplinas de acordo com o nível escolar solicitado no edital. Caso o candidato passe nesse primeiro processo, ele ainda deverá realizar a inspeção de saúde, avaliação psicológica, exame de aptidão física e comprovação de documentos. Todas essas etapas são obrigatórias para a admissão em qualquer curso do CIAGA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *