EsFCEx (Escola de Formação Complementar do Exército)

O EsFCEx (Escola de Formação Complementar do Exército) é um dos principais pontos de entrada para quem deseja seguir carreira dentro do Exército. Através dessa escola, os alunos recebem a formação de Oficiais do Quadro Complementar, podendo se especializar em diferentes áreas de graduação, como Administração, Pedagogia, Estatística, Economia, Direito, Veterinária, Enfermagem, entre outras áreas.

É a partir desta escola que os alunos podem adquirir a formação comum, específica e até mesmo pós-graduação, tudo dentro da carreira militar. Se você, assim como muitos brasileiros sonham em fazer parte da EsFCEx, confira nossas dicas e informações importantes sobre essa escola militar.

 

Um pouco sobre o EsFCEx

A Escola de Formação Complementar do Exército nada mais é do que um tipo de instituição que oferece a adaptação de profissionais já formados em alguma área da graduação para atuarem no exército. Sendo assim, uma das exigências para entrar na EsFCEx é o diploma em alguma escudo do ESFECEXárea de atuação complementar no exército.

Essa escola de formação fica localizada em Salvador, na Bahia, por isso, os candidatos aprovados são submetidos ao regime de internato até o término de sua formação comum. Caso deseje continuar com as demais formações, o aluno poderá obter a formação específica e a pós-graduação em sua área profissional, tudo na EsFCEx.

A admissão dos profissionais na EsFCEx é feita através de concurso público, que é composto por algumas fases, sendo elas: exame intelectual, verificação de documentos, inspeção de saúde, exame de aptidão física, revisão médica e comprovação de requisitos para a matrícula.

Em conjunto a essa instituição, existe a EsSEx (Escola de Saúde do Exército), que é uma instituição igual a EsFCEx, mas com o diferencial que é a exclusividade aos cursos na área de saúde. Sendo assim, essas duas instituições ficam responsáveis por dividir os cursos de acordo com a atuação de cada instituição. Por exemplo:

  • EsFCEx em Salvador, na Bahia: destinado a graduados em Ciências Contábeis, Administração, Comunicação Social, Direito, Informática, Estatística, Economia, Psicologia, Pedagogia e Magistrado.
  • EsSEx no Rio de Janeiro – RJ: destinado a graduados em Veterinária, Enfermagem, Medicina, Fisioterapia, entre outras graduações na área de saúde.

 

Pré-requisitos para entrar na EsFCEx?

Como já mencionamos, os candidatos devem ser aprovados nas etapas do concurso público para entrarem na EsFCEx. No entanto, eles devem ainda atender a uma série de características para serem aprovados no concurso público, sendo elas:

  • Ser brasileiro de acordo com a Lei nº 12.705/12;
  • Ter no máximo 36 anos de idade até o dia 31 de dezembro do ano em que será feito a matrícula;
  • Ter diploma de graduação em alguma área de objetivo do concurso;
  • Apresentar características físicas de no mínimo 1,60 metro de altura para homens ou 1,55 metro de altura para mulheres.

 

Como funciona o curso de formação?

Se aprovados em todas as etapas do concurso público os candidatos se tornam alunos da EsFCEx ou da EsSEx, no caso de cursos da área de saúde. Nesse caso, eles passam a fazer parte do Curso de Formação de Oficiais do Quadro Complementar, que é o tipo de Formação Comum a todos os profissionais que iniciam sua carreira no exército a partir da EsFCEx ou da EsSEx.

Depois dessa primeira formação, há ainda outras formações para quem deseja continuar se especializando dentro de alguma área de interesse no exército brasileiro. Sendo assim, temos as seguintes formações da EsFCEx e suas respectivas particularidades:

  • Formação Comum: é a formação principal da EsFCEx onde todos os profissionais iniciam suas carreiras militares no Exército Brasileiro. Através dessa formação, os profissionais já graduados recebem a adaptação para atuar no campo militar. Este processo de adaptação dura 35 semanas, tendo como objetivo principal o aperfeiçoamento dos profissionais para as funções de Capitão e Tenente.

De acordo com o próprio Exército Brasileiro, essa adaptação vai muito além da ambientação dos profissionais à rotina militar. Neste curso de formação o oficial-aluno adquire conhecimento cultural, conceitos de liderança, disciplina intelectual e outros aspectos ligados a hierarquia militar. O maior conceito empregado a essa formação é que de o oficial em estudo deverá aprender como se portar no exército para que ele seja no futuro um grande exemplo aos seus subordinados.

  • Formação Específica: depois de concluir a formação comum, os Capitães e Tenentes formados poderão seguir com Formação Específica, que é um conjunto de conhecimentos adquiridos nas universidades e faculdades. Esses conhecimentos são sintonizados com as particularidades organizacionais do próprio Exército Brasileiro nesta etapa de formação.

Ao todo o curso conta com 190 horas de aula ministradas em sala de aula comum. No entanto, ao longo dos anos após a formação, os militares devem realizar visitas a órgãos militares e organizações que atuam de forma privada. Nesta formação, o aluno ainda recebe os conhecimentos necessários para que ele possa atuar em várias organizações militares.

  • Pós-graduação: por último, os alunos que tiverem bom aproveitamento nas duas formações anteriores poderão seguir com a pós-graduação referente a sua graduação. Nesta etapa, os alunos precisam fazer pesquisas científicas, atividades interdisciplinares e vários trabalhos em equipe.

 

Dicas para entrar na EsFCEx

A aprovação na EsFCEx depende de várias características que devem aparecer em conjunto. A primeira delas são os pré-requisitos que devem ser respeitados pelo candidato. Se você não tiver os pré-requisitos necessários, nem faça sua inscrição no concurso público, pois você será reprovado durante a validação de documentos. Mas essa não é a única dica para entrar na EsFCEx. Confira outras dicas valiosas:

  1. Fique de olho no período de inscrição no concurso público;
  2. Leia todo o edital lançado e confira as vagas disponíveis (nem sempre as vagas são as mesmas, assim como as áreas de atuação);
  3. Estude bastante todos os itens cobrados no exame intelectual, considerando os conhecimentos básicos que você deve ter como profissional e todos os demais itens necessários para admissão na EsFCEx;
  4. Faça preparação física para o Exame de Aptidão Física que é uma das etapas do concurso público. Você poderá elaborar um treino de acordo com as atividades exigidas para a admissão na EsFCEx;
  5. Esteja em dia com as suas condições de saúde, para isso, faça exames de rotina e esteja a par de tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *