Concurso Aprendiz de Marinheiro (CPAEAM) 2019: inscrições, edital e manual

O CPAEAM (Concurso Público de Admissão às Escolas de Aprendizes-Marinheiros) é realizado todos os anos pelos órgãos de ensino da marinha, como a DEnsM (Diretoria de Ensino da Marinha). O último realizado ocorreu em 2018, com lançamento do edital em fevereiro do mesmo ano. Para este ano, ainda não há nenhum CPAEAM em aberto, mas há previsões de lançamentos em breve.

Neste post, falaremos o que é CPAEAM, como funcionam as etapas do concurso, quais são os requisitos necessários, como é feito a inscrição, e mais detalhes sobre as avaliações aplicadas durante o concurso. Confira tudo isso a seguir.

banner aprendiz de marinheiro

 

Informações do concurso CPAEAM

O CPAEAM é o próprio concurso público que faz a admissão dos novos alunos para as escolas da Marinha do Brasil. Nesse caso, ele pode ser visto como uma espécie de procedimento padrão para que candidatos sejam admitidos aos cursos oferecidos pelas escolas da marinha. O último concurso que foi organizado pela DEnsM ocorreu em 2018, mas há previsões de que um novo concurso CPAEAM seja aberto ainda em 2019.

Sendo assim, se você está pensando em fazer parte da marinha fique atento as divulgações oficiais da DEnsM ou da própria escola da Marinha que você pretende ingressar. Caso seja uma Escola de Aprendizes-Marinheiros o ingresso é feito por meio do CPAEAM.

Em todos os cursos ministrados pelas Escolas de Aprendizes-Marinheiros os alunos recebem alimentação, assistência médica, odontológica e psicológica, acompanhamento social e religioso, uniforme, alojamento e o chamado “soldo”, que é uma espécie de salário. Enquanto eles ainda são estudantes, o soldo é fixado em um valor mínimo previsto pela Lei de Remuneração dos Militares. Mas após a formação, os profissionais formados passam a receber em média R$ 2.449,00.

Edital
Aguardando…
Número de Vagas
1000 (previsto)
Salário
Média de R$ 2.500,00 (previsto)
Data da Inscrição
23 de Janeiro de 2019 (previsto)
Valor da Inscrição
R$ 30,00 (último concurso)

 

Como fazer a inscrição

Para se inscrever no CPAEAM é necessário ter um concurso público em aberto. Isso significa que independente de qualquer coisa, o candidato deve sempre acompanhar o lançamento e a abertura de novos concursos públicos para admissão nas escolas da marinha. Por isso, não deixe de acompanhar o site oficial da Marinha do Brasil para não perder a próxima edição do CPAEAM.

Considerando esse fato, quando houver um CPAEAM em aberto, você deverá ler o edital e conferir se os requisitos, vagas e cursos estão de acordo com o que você busca. Além disso, confira a escola que está promovendo o CPAEAM e as áreas de interesse. Se tudo estiver dentro das características necessárias, você poderá realizar a sua inscrição.

Para isso, você deverá informar dados pessoais e outras informações solicitadas no ato da inscrição. A validação da sua inscrição só ocorrerá quando você realizar o pagamento de uma taxa, que geralmente é cobrada no valor de R$ 40,00. Sendo assim, pague a taxa e aguarde a data prevista para a aplicação da prova do CPAEAM.

 

Requisitos e exigências

Esse tipo de admissão feita pelas escolas da marinha possui um padrão em relação aos requisitos solicitados ainda na inscrição do candidato. Caso o candidato não tenha esses requisitos ele será reprovado durante a validação de documentos. Os requisitos são:

  • Ser do sexo masculino;
  • Ser brasileiro;
  • Não ter nenhum tipo de união estável, ou seja, deve ser solteiro;
  • Ter entre 18 e 22 anos de idade até o dia 31 de dezembro do ano em que for realizar a matrícula do curso;
  • Ter o ensino médio completo até a data de matrícula do curso.

 

Quem pode fazer a prova

O CPAEAM é aberto a um grande número de jovens, desde que eles atendam aos requisitos solicitados para cada curso ofertado. Na maioria dos casos os cursos oferecem formação para candidatos do sexo masculino com idade entre 18 e 22 anos. Mas há algumas variações entre os tipos de formações e cursos que são oferecidos pelas escolas através do processo CPAEAM. Sendo assim, é indispensável que você leia todo o edital antes de se inscrever na prova.

 

Prova objetiva

A prova aplicada no CPAEAM na maioria dos casos corresponde ao nível escolar do ensino médio. Para a realização da prova, o órgão que aplica o CPAEAM disponibiliza apenas 4 horas. Sendo assim, os candidatos possuem apenas 4 horas para responder todas as 50 questões da prova objetiva. Essas questões por sua vez correspondem às disciplinas de Português, Matemática, Física, Química e Inglês.

As notas variam de 0 a 100 dependendo das respostas fornecidas pelos candidatos na prova objetiva. A eliminação ocorre no caso do candidato ter nota inferior a 50 pontos no total ou ainda inferior a 10 pontos em alguma das disciplinas da prova.

 

Exame de aptidão física

Para fazer parte dos cursos da Marinha os candidatos precisam passar no TAF (Teste de Suficiência Física), que nada mais é do que um exame que irá determinar se o candidato possui condicionamento físico suficiente para seguir com carreira militar. No caso do concurso CPAEAM, o TAF possui os seguintes critérios para o teste:

  • Natação – percurso de 50 metros que deve ser percorrido em 1 minuto e 30 segundos. O teste permite que a saída seja feita fora da piscina ou dentro, dependendo apenas da preferência de cada candidato.
  • Corrida – percurso de 2.400 metros com tempo de 14 minutos e 30 segundos para finalização do trajeto.

 

Cidades do concurso

Embora o CPAEAM receba inscrições de pessoas do país inteiro, nem todas as cidades contam com a realização da prova. Por isso, você deve sempre conferir qual é a cidade mais próxima para que você faça a sua prova do CPAEAM. Na maioria dos concursos públicos das escolas da Marinha, as provas ocorrem nas seguintes cidades:

Angra dos Reis, São pedro da Aldeia, Rio de Janeiro, Vila Velha, Nova Friburgo, Olinda, Natal, Fortaleza, São Luís, Belém, Porto Alegre, Rio Grande, Florianópolis, Brasília, Ladário, Manaus, Santos e São Paulo.

Lembrando que todos os anos os editais possuem variações que devem ser observadas pelo candidato, assim como no caso das cidades que aplicam a prova CPAEAM. Dependendo do volume de inscritos em uma cidade, os órgãos de ensino da Marinha podem disponibilizar a aplicação da prova em outros locais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *